Caso real custos aquecimento chão radiante elétrico

Caso real custos aquecimento chão radiante elétrico

Sendo certo que o custo da energia está na ordem do dia e ainda para mais quando falamos de uma solução de aquecimento que utiliza apenas o efeito de joule para transformar a energia em calor, são muitos os relatos de utilizadores insatisfeitos, devido às contas de energia ao fim do mês, contribuindo assim para a ideia que o aquecimento por pavimento radiante elétrico consome demasiado.

Isolamento térmico

Menos perdas

Uma solução de aquecimento no pavimento tem sempre que dar primazia a uma boa solução de isolamento térmico de pavimento. Como facilmente se compreende reduzirá a perdas de energia, que o cliente paga, e não usufrui. É precisamente neste aspecto que muitas vezes (por erro!) se compromete a excelência de conforto e eficiência associada ao aquecimento por pavimento radiante elétrico.

Controlo de temperatura

Termóstatos

Assegurar uma correta regulação da temperatura interior permite não apenas assegurar o conforto interior desejado como também diminuir os custos de utilização através de uma gestão personalizada da temperatura em cada compartimento. Existem soluções que permitem não apenas gerir localmente as várias temperaturas como também uma gestão remota através de telemóvel.

Neste exemplo

Sabiamente nesta instalação, o cliente criou condições para a aplicação de 3cm de XPS (poliestireno extrudido), sobre o qual foram aplicados os cabos de aquecimento. Por outro lado do ponto vista térmico a moradia também foi muito bem planeada o que acaba por ter consequências positivas nas necessidades de aquecimento.

Neste exemplo

Consumos elétricos

Consumos elétricos obtidos de Dezembro de 2021 a Março de 2022, estando além do aquecimento por piso radiante incluídos alguns consumos da resistência do aquecimento de águas sanitárias e restantes equipamentos da habitação.

Consumos elétricos

Neste caso o cliente teve em média um consumo de 700KWh associados ao aquecimento para uma área de 130m2. Considerando uma tarifa bi-horária terá um custo mensal entre 101,00€ (IVA incluído) e 150,00€ (IVA incluído).

Utilização

A gestão de temperatura é muito importante já que estará diretamente relacionadas com os consumos energéticos que neste caso significa mais €€ a pagar no fim do mês. Para o efeito existem soluções de termóstatos que permitem gerir com toda a eficiência o sistema de aquecimento por pavimento radiante.
Neste exemplo o cliente além de trabalhar em casa possui também crianças pequenas.

Utilização

Temperaturas

Neste caso o cliente optou por temperaturas sempre acima dos 20ºC. (máximo 23,5ºC) Com o constante aumento dos preços da energia importa adequar as temperaturas sendo no entanto, e inevitavelmente, decorrentes do conforto desejado pelo cliente. Obviamente que neste exemplo há muito espaço para reduzir os consumos energéticos associados ao aquecimento. Tipicamente a temperatura desejada será de 20ºC.

Temperaturas

Observações finais

Este exemplo traduz de alguma forma o que um utilizador de uma instalação de aquecimento por pavimento radiante elétrico terá como custos mensais. Não será um bom exemplo devido à utilização despreocupada, no entanto é um relato real e deixa a clara mensagem de que com um controlo adequado das temperaturas é possível valores mensais menores. AQUI um exemplo de custos de aquisição em comparação com aquecimento por piso radiante a água.

- Mais conforto
- Menor investimento
- Sem riscos de explosão
- Compatível com energias renováveis

- Sem fumos ou cheiros
- Sem manutenção
- Eficiente na utilização da energia
- Controlo individual por compartimento

Rodapé Ideias para a habitação